Fadisma - Faculdade de Direito de Santa Maria

Institucional

Avaliação Institucional

Procedimentos de Autoavaliação

O Programa de Autoavaliação Institucional é realizado por meio da Comissão Permanente de Autoavaliação Institucional da FADISMA (Cpai), indicada pela Direção Geral da Instituição e composta por representantes de todos os seguimentos desta e da comunidade. A Cpai tem por atribuição coordenar e implementar as ações previstas no Programa de Autoavaliação.

A autoavaliação visa fornecer uma visão global da Instituição sob duas perspectivas básicas. A primeira diz respeito ao objeto de análise que será o conjunto de dimensões, estruturas, relações, atividades, funções e finalidades da Instituição, relacionadas com o tripé ensino-pesquisa-extensão. A segunda refere-se aos sujeitos envolvidos no processo de avaliação.

Por meio da autoavaliação, a FADISMA pretende analisar o que é como Instituição, o que pretende ser, as ações que têm realizado, como se organiza, administra e age. Para tanto, reconhece a necessidade de se autoavaliar enquanto totalidade integrada, em cujo contexto a coerência entre a sua missão e as políticas institucionais constitui-se como um verdadeiro valor. Em razão disso, reconhece no processo de autoavaliação uma oportunidade ímpar de privilegiar as práticas educativas e de desenvolver a autoconsciência sobre as próprias qualidades, os problemas e os desafios para o presente e para o futuro.

Conforme o roteiro sugerido pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes),criado pela Lei nº 10.861/2004, a autoavaliação da FADISMA era composta pela avaliação de 10 dimensões, a saber: missão e Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação e a extensão; responsabilidade social da Instituição de Ensino Superior (IES); comunicação com a sociedade; políticas de pessoal e carreiras do corpo docente e técnico-administrativo; organizações de gestão da IES; infraestrutura física; planejamento e avaliação; políticas de atendimentos aos estudantes e sustentabilidade financeira.

O novo instrumento avaliativo interno da Instituição proposto segue os preceitos da Nota Técnica nº 14 de 2014 da CGACGIES/DAES/INEP/MEC, alterando o roteiro de autoavaliação para 5 eixos: planejamento e avaliação institucional; desenvolvimento institucional; políticas acadêmicas; políticas de gestão e infraestrutura.

Quanto aos conceitos da autoavaliação, a FADISMA adotou e continuará mantendo os critérios utilizados pelo próprio Ministério da Educação (MEC), de acordo com a Nota Técnica nº 08 CGACGIES/DAES/INEP/MEC, de fevereiro de 2013, ou seja, notas de 1 a 5. 

O questionário avaliativo foi reestruturado em formato sintético, a fim de obter um percentual de respostas o mais fidedigno possível com a realidade da Instituição. Optou-se por essa alteração tendo em vista que questionários muito extensos poderiam tender a desviar o foco de atenção dos avaliadores e gerar distorções nas respostas.

Resultados Obtidos no Novo Instrumento de Autoavaliação

Ao final de cada período avaliativo, a Cpai organiza uma reunião para discutir os resultados e a elaboração de relatório resumido para divulgação entre a comunidade acadêmica (alunos, professores e técnico-administrativos). Um relatório detalhado será apresentado às Coordenações dos Cursos (Direito e Contábeis) e à Direção Geral, com as considerações do período e as recomendações, no intuito de promover ações corretivas frente a possíveis problemas identificados. Após, a Cpai realiza uma reunião com os representantes de turmas e Diretórios Acadêmicos, buscando apresentar o relatório de autoavaliação e as ações e os planejamentos que serão adotados pelas Coordenações e pela Direção Geral para resolução dos problemas identificados.
Os resultados dos processos avaliativos internos e as ações e os planejamentos acadêmico-administrativos adotados pelas Coordenações e pela Direção Geral passarão a compor o Relatório Institucional da FADISMA.

Dessa forma, a Cpai terá uma síntese dos resultados do processo avaliativo interno e das ações e dos planejamentos acadêmico-administrativos decorrentes dos resultados das avaliações.

Estrutura da Avaliação

Autoavaliação Institucional

A FADISMA tem no processo permanente de autoavaliação institucional um instrumento fundamental para a elaboração de suas políticas, assim como para a ação cotidiana de seus atores. Via de consequência, os resultados do projeto de autoavaliação institucional serão tomados em consideração como indicadores prioritários para o aperfeiçoamento da gestão acadêmica e administrativa da Instituição.

O Programa de Autoavaliação Institucional compreende uma Comissão Permanente de Avaliação Institucional (Cpai), indicada pela Direção Geral da Instituição e composta por representantes de todos os seguimentos desta e da comunidade. A Cpai coordenará e implementará as ações previstas no Programa.

A autoavaliação visa fornecer uma visão global da Instituição sob duas perspectivas básicas. A primeira diz respeito ao objeto de análise que será o conjunto de dimensões, estruturas, relações, atividades, funções e finalidades da Instituição, relacionadas com o tripé ensino-pesquisa-extensão. A segunda refere-se aos sujeitos envolvidos no processo de avaliação.

Por meio da autoavaliação, a FADISMA pretende analisar o que é como Instituição, o que pretende ser, as ações que têm realizado, como se organiza, administra e age. Para tanto, reconhece a necessidade de se autoavaliar enquanto totalidade integrada, em cujo contexto a coerência entre a sua missão e as políticas institucionais constitui-se como um verdadeiro valor. Em razão disso, reconhece no processo de autoavaliação uma oportunidade ímpar de privilegiar as práticas educativas e de desenvolver a autoconsciência sobre as próprias qualidades, os problemas e os desafios para o presente e para o futuro.

Conforme o roteiro sugerido pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), a autoavaliação importará na avaliação de 10 dimensões. Os atores competentes para realizarem a avaliação, bem como as épocas e as formas de aplicação dos instrumentos de coleta de dados, estão descritos em cada item que segue.


As dez dimensões do Programa de Autoavaliação da FADISMA

Primeira Dimensão: A Missão Institucional e o PDI.

Segunda Dimensão: A política de ensino para a graduação, a pesquisa, a extensão, a pós-graduação e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de pesquisa, de monitoria e demais modalidades.

Terceira Dimensão: A responsabilidade social da Instituição considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social, à defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural.

Quarta Dimensão: A comunicação com a sociedade.

Quinta Dimensão: As políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente e corpo técnico-administrativo, seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho.

Sexta Dimensão: Organização e gestão da instituição, especialmente o funcionamento e representatividade dos colegiados, sua independência e autonomia na relação com a mantenedora, e a participação dos segmentos da comunidade universitária nos processos decisórios.

Sétima Dimensão: Infra-estrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação.

Oitava Dimensão: Planejamento e avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da auto-avaliação institucional.

Nona Dimensão: Políticas de atendimento a discentes e egressos.

Décima Dimensão: Sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da Educação Superior.


Discussão dos resultados, confecção de relatório, divulgação, balanço crítico e planejamento

Nesta fase, a Cpai discutirá os resultados, confeccionará os relatórios e fará a divulgação das informações para a comunidade interna e externa, avaliando o processo e planejando ações futuras.


Composição da comissão

A Cpai é composta por 11 membros, devendo ter a seguinte composição:


VOLTAR
© 2015. FADISMA. Todos os direitos reservados. beagle ship criacao sites