Professores da FADISMA participam de debate sobre os Direitos Humanos no Haiti em Lima

Direitos Humanos é um assunto que merece a atenção de todos os países. Porém, quando se fala em Haiti, essa necessidade multiplica-se. É com a finalidade de promover o debate que os professores da FADISMA Eduardo Rocha, Cristine Zanella, Ricardo Seitenfus – que também foi representante da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti em 2009 e 2010 -, Giovani Bortolini e Marcelo Zampieri estarão na Universidad Wiener, em Lima, Peru. A professora Daiane de Aguiar participa do Seminário, ministrando o mini-curso “Perspectivas dos Direitos Humanos através da obra de Costas Douzinas” para alunos do curso de Direito da instituição peruana.

Eles participam do Seminário “Haiti e as profundas causas da insegurança”, nos dias 13 e 14 de setembro. Além dos professores da FADISMA, Ricardo Seitenfus, representante da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti em 2009 e 2010; Marcel Debeuf, ex-embaixador do Chile no Haiti e César Candela, professor no curso de Direito da Universidad Wiener, também participam do evento. Os temas a serem desenvolvidos são: segurança pública, Direitos Humanos, a construção da governabilidade e o papel da lei entre os haitianos.

A atividade faz parte do Projeto Brasil-Haiti, desenvolvido pela FADISMA, com apoio do International Development Research Centre (IDRC), do Canadá. O mesmo tem o propósito de analisar a postura brasileira diante da problemática daquele país, e através dos resultados sensibilizar a opinião pública para a realidade haitiana. Sensibilizar a política externa brasileira para a criação de uma escola de pensamento sobre a diplomacia solidária, vislumbrando a manutenção da paz e a cooperação para o desenvolvimento é outro objetivo do projeto.

O quê: Participação da FADISMA no Seminário Haiti e as profundas causas da insegurançaQuando: 13 e 14 de setembroOnde: Universidad Wiener em Lima, Peru

Assessoria de Imprensa FADISMAFernanda Couto Rostan / Dois Agência de Conteúdo Contato: [email protected]

Direitos Humanos é um assunto que merece a atenção de todos os países. Porém, quando se fala em Haiti, essa necessidade multiplica-se. É com a finalidade de promover o debate que os professores da FADISMA Eduardo Rocha, Cristine Zanella, Ricardo Seitenfus – que também foi representante da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti em 2009 e 2010 -, Giovani Bortolini e Marcelo Zampieri estarão na Universidad Wiener, em Lima, Peru. A professora Daiane de Aguiar participa do Seminário, ministrando o mini-curso “Perspectivas dos Direitos Humanos através da obra de Costas Douzinas” para alunos do curso de Direito da instituição peruana.

Eles participam do Seminário “Haiti e as profundas causas da insegurança”, nos dias 13 e 14 de setembro. Além dos professores da FADISMA, Ricardo Seitenfus, representante da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti em 2009 e 2010; Marcel Debeuf, ex-embaixador do Chile no Haiti e César Candela, professor no curso de Direito da Universidad Wiener, também participam do evento. Os temas a serem desenvolvidos são: segurança pública, Direitos Humanos, a construção da governabilidade e o papel da lei entre os haitianos.

A atividade faz parte do Projeto Brasil-Haiti, desenvolvido pela FADISMA, com apoio do International Development Research Centre (IDRC), do Canadá. O mesmo tem o propósito de analisar a postura brasileira diante da problemática daquele país, e através dos resultados sensibilizar a opinião pública para a realidade haitiana. Sensibilizar a política externa brasileira para a criação de uma escola de pensamento sobre a diplomacia solidária, vislumbrando a manutenção da paz e a cooperação para o desenvolvimento é outro objetivo do projeto.

O quê: Participação da FADISMA no Seminário Haiti e as profundas causas da insegurançaQuando: 13 e 14 de setembroOnde: Universidad Wiener em Lima, Peru

Assessoria de Imprensa FADISMAFernanda Couto Rostan / Dois Agência de Conteúdo Contato: [email protected]

Imagem Formulário de Contato

Entre em contato

    Informa-se que a coleta e tratamento de dados pessoais pela Fadisma visa atender ao solicitado neste formulário, bem como para o envio de conteúdo institucional relativo aos serviços prestados por esta instituição, nos termos da nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE, a qual contém mais informações relevantes sobre o tema.

    Política de Privacidade